Excitaçom

os electróns dos meus átomos de hidrogénio fôram excitados

Ontem os electróns dos meus átomos de hidrogénio fôram excitados fora da sua órbita normal subindo o seu nível de energia. E nom estou a falar de nengumha experiência sexual, que já vos vejo vir :)

aplicárom a eles um campo electromagnético

Pois si, aplicárom a eles um campo electromagnético–os físic@s verám que simplifico demasiado mas é necessário simplificar demasiado para explicar sem equaçons– é dizer, que gerou ondas de radio–imaginade algo assi como que fai mudar a densidade do ar– que figérom que os  electróns dos meus átomos de hidrogénio que en maior parte se atopan en forma de água se excitaram.Espectro_EletromagnéticoF igura 1: tipos de ondas que existem no meio

 manejar a teoria atómica de Bohr

Aclaro que vou manejar a teoria atómica de Bohr– aínda que @s físicos manejem a de Schöerdinguer  que a

atomocompleta mas essa é impossível quase de exlicar para mim a quem nom tenha umha base matemática alta– que vem a explicar que um átomo é assim- Com um centro mui pequeno chamado núcleo onde estám os protóns que tenhem carga positva, os neutróns sem carga e ao seu redor girando electróns a elevadíssima velocidade.

Quando voltam ao seu estado inicial, emitem umha pequena quantidade de energia que é registada por um sensor que compóm umha imagem de todos os meus átomos.

Bom, pois estes electróns dum tipo dos meus átomos (tenho muitos tipos, nom vos vaiades pensar, e vós também!!) fôrom excitados. Quando voltam ao seu estado inicial, emitem umha pequena partícula que é registada por um sensor que compóm umha imagem de todos os meus átomos.

Nom, nom fum abducida polos extraterrestres, fizem umha ressonância magnética.

Nom, nom fum abducida polos extraterrestres, fizem umha ressonância magnética. E aquí veu o problema,sabendo eu todo o anterior e que (porque tenho que ler bem todo em internet até a probabilidade de morte que é umha entre 250000) lembrei que bebera um copo de água nas quatro horas antes das recomendadas algumhas vezes. E aí,magnet dentro do aparato comecei a pensar se a ingesta de máis átomos de hidrogénio faria algum efeito complicado que nom entendera com a minha física de primeiro de carreira naquelas ondas.

se a ingesta de máis átomos de água faria algum efeito complicado que nom entendera com a a física de primeiro de carreira naquelas ondas.

Claro, debiam-me ter avisado de qeu nom bebera se fora importante e nom o figéram, mas também estava indicado que me meteram por vea gadolinio (parece um nome de um elemento inventado para umha criança, como o californio! mas nom o é) e o técnico nom o leu e nom o fixo..assi que..

Todos estes dados me passavam pola cabeça no entanto ia sentindo como pequenos formigueos ao longo do corpo, e me perguntava se isso era ‘o normal’  embora um barulho muito alto soava e até parecia que tinha umha melodia. Fixava-me na melodia para esquecer a ideia de ser umha das 250000 probabilidades de morrer, igual que as de um accidente de tráfico e pensava que nom era umha das piores formas de morrer…e já me tranquilizei. Nom me lembrei que por volta dum 80 % do corpo é água…a pesares de ser um conhescimento básico!!

 

 

Isabel S. Vijande
Engenheira Química em Centro de Estudos Espiral
Engenheira química com DEA e Mestrado em Educaçom. De experiência militante na defesa da terra com Verdegaia e na defesa da língua com a criaçom das Escolas de Ensino Galego Semente. Feminista e co-fundadora do Centro de Estudos Espiral. Biografia completa e currículo.

Leave a Comment

O teu enderezo electrónico non se publicará Os campos obrigatorios están marcados con *


*